Metrorio e Supervia lançam produtos baseados na plataforma Rails

Tags: Rio de Janeiro, fun

A Metrorio e a Supervia, empresas responsáveis pelo transporte metroviário e ferroviário do Rio de Janeiro, anunciaram o lançamento de seus produtos que rodam sobre a plataforma Rails.

Ambos os produtos possuem objetivos similares, mas se comportam de formas um pouco diferentes. A Supervia afirma que seu produto é capaz de atender uma faixa maior de usuários: “Nosso sistema está pronto para operar mesmo com grandes tempos de latência provocados por grandes distâncias. Isto significa que podemos atender a usuários que normalmente são excluídos pelas demais empresas.”

A Metrorio não nega as afirmações da Supervia, mas ressalta as vantagens de seu produto: “Nosso objetivo é fornecer um serviço mais rápido e seguro para nosso clientes, que normalmente precisam de tempos de resposta menores para curtas distâncias. Nosso conhecimento mais profundo permite aplicar a plataforma Rails em camadas mais baixas, diminuindo a latência e aumentando o desempenho geral do sistema.”

Quando questionada a respeito da escalabilidade de seu sistema, a Metrorio respondeu: “Novas estações e novos servidores já estão sendo providenciados e atenderão a usuários que nem mesmo o produto da Supervia consegue atender.”

Interrogado pela reportagem, um usuário do Rio de Janeiro quis saber se a integração entre os dois sistemas é possível. A Supervia respondeu “Apesar de usarmos formatos internos diferentes e incompatíveis, é possível usar uma ‘bridge’ para que os usuários possam se mover de uma rede para outra de maneira transparente.”

O lançamento destes dois produtos mostra que a plataforma Rails tem potencial para reduzir os custos e agilizar processos. Mas não é só no Rio onde há pessoas usando esta plataforma. Um grupo de empresários de Minas Gerais está estudando a plataforma e pretende lançar em breve seu próprio produto: Trembão on Rails.

comments powered by Disqus